Ipê-roxo

ipe_roxo 1

Ipê-roxo (Tabebuia impetiginosa)

Abrindo a temporada de explosão de cores pelas ruas da cidade, começa a florescer em Brasília o ipê-roxo (Tabebuia impetiginosa). Há outras espécies, como a Tabebuia avellanedae e a Tabebuia heptaphylla, mas não são predominantes na capital federal como a impetiginosa, que está presente em 20 de 39 superquadras do Plano Piloto.

Essa espécie ocorre nas regiões Nordeste, Sudeste e Centro Oeste, e pode alcançar até 35 metros de altura. Floresce entre os meses de maio e julho (mas principalmente em junho) quando a árvore está totalmente despida de folhagem, fazendo com que suas flores se destaquem ainda mais.

A árvore é extremamente ornamental quando em flor, prestando-se muito bem ao paisagismo. Essa é uma das espécies mais cultivadas na arborização urbana nas cidades do Centro Oeste do país. É também muito utilizada para compor reflorestamentos com fins ecológicos. Sua madeira é usada em obras internas, bolas de boliche, assoalhos, instrumentos musicais, lenha e carvão.

Assim que eu tiver um tempinho vou sair por aí tirando fotos dos ipês-roxos do eixão norte (que já estão carregados de flores) venho aqui compartilhar com vocês.

 ipe_roxo 2

Fontes:

JUNIOR, Manoel Cláudio da Silva; LIMA, Roberta Maria Costa e. “100 Árvores Urbanas Brasília – Guia de Campo”. Rede de Sementes do Cerrado. Brasília, 2010.

LORENZI, Harri. “Árvores Brasilieras” Volume 1. Instituto Plantarum. São Paulo, 2002.

Imagens:

http://botanicak.wordpress.com/folhas/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Tabebuia_impetiginosa_(Pink_Trumpet_tree)_in_Hyderabad,_AP_W_IMG_2601.jpg

Anúncios