Centro de Visitantes do Parque Nacional de Brasília – Parte I

Depois de muita pesquisa para a disciplina de Projeto de Diplomação da minha graduação em Arquitetura e Urbanismo, em 2005, cheguei à ideia de elaborar um novo Centro de Visitantes para o Parque Nacional de Brasília, mais conhecido como Água Mineral.

Centro de Visitantes é um espaço de apoio para diversos programas e atividades que são desenvolvidos dentro de um Parque Nacional. É o local onde o visitante é recebido, despertando-lhe o interesse pela preservação do Parque e do meio ambiente. Deve informar sobre quais os serviços oferecidos dentro da Unidade de Conservação, além de orientá-los espacialmente.

Para o projeto do Centro de Visitantes de um Parque Nacional, o IBAMA propõe que se encontre em área edificada e o mais próximo possível da entrada. Porém, o atual Centro do Parque Nacional localiza-se há aproximadamente 2 km da entrada principal. Muitas vezes, por falta de informação e divulgação, os visitantes nem tomam conhecimento de sua existência na Água Mineral.

Parque Nacional de Brasília

Principais pontos de visitação do Parque Nacional de Brasília

Dessa forma, após a escolha do tema e do novo local, na entrada do Parque, fiz uma vasta pesquisa sobre o histórico de Centros de Visitantes e Parques Nacionais, sobre a Água Mineral, sobre o clima e aspectos físicos da região, além de análise do entorno e da área escolhida para implantação do novo Centro.

Para o projeto, eu busquei trabalhar com sistemas construtivos sustentáveis, criando um “ecoedifício”: um conceito de arquitetura que pretende ser harmônica com o meio ambiente em que se encontra, extraindo dela seus recursos de forma coerente, sem prejuízo para o entorno, onde todos os elementos (arquitetura, meio ambiente e indivíduo) possam conviver de forma equilibrada para o bem estar global.

Assim, pesquisei e utilizei no projeto sistemas como a captação da água da chuva (sistema que aproveita a água da chuva para o uso na irrigação de plantas, no abastecimento de espelhos d’água e em vasos sanitários), aquecimento solar da água, energia fotovoltaica (transformação da luz solar em eletricidade), sistema de tratamento de águas servidas (mecanismo que recolhe a água do esgoto, filtra e armazena a água tratada para novos usos) e sistema de climatização por vaporização, substituindo o uso de ar condicionado (exceto no auditório, onde foi utilizado um sistema de condicionamento de ar ecológico).

Tratamento água

Esquema de tratamento da água servida para nova utilização

climatização